2 comentários:
De João a 8 de Março de 2009 às 22:50
Penso que compreendo demasiado bem esse teu sentimento de marginalização de vida. Parece que o mundo de todos os outros gira e o nosso está eternamente parado e por isso, afunda-se lentamente. Mas também compreendo que provavelmente é apenas uma fase mais negativa e que dentro de algum tempo vais sentir que afinal tens algo a teu favor e que nem todas as costas estão voltadas. Bem e as que se voltaram... que se lixem!

Chega de inundações por agora, o Sol anda a espreitar algures ;)

P.S.: Muito bem escrito mesmo, foi com sentimento não foi? Nota-se.
De FruttiTutti a 9 de Março de 2009 às 23:53
Sim, João, (infelizmente) foi mesmo com sentimento.
Quer dizer, se calhar não é tão "infelizmente" assim. Às vezes precisamos destes abanões fortes para acordarmos para a vida.
Espero que o Sol venha... depressa! :)

Comentar post